Dicas de organização financeira para micro e pequenas empresas

Dicas de organização financeira para micro e pequenas empresas

A organização financeira é importante para qualquer tipo de negócio. Porém, quando o assunto é micro e pequenas empresas a atenção e o cuidado devem ser redobrados, pois o índice de sobrevivência das empresas brasileiras vem sofrendo constantes quedas.

Analisar de forma cuidadosa os números do seu negócio e ter atenção ao controle de gastos são algumas das tarefas essenciais para o sucesso da sua empresa.

De toda maneira, é recomendado sempre que o empresário conte com bons profissionais da área que sejam capazes de fazer uma gestão financeira correta e que não coloque a empresa em risco.

Entretanto, para lhe ajudar a ter sucesso, reunimos aqui algumas dicas de organização financeira para micro e pequenas empresas.

 

Tenha um planejamento estratégico

Para conseguir atingir cada um dos objetivos que a sua empresa deseja alcançar, você precisa ter um bom planejamento estratégico. Para isso, coloque em um papel todos os aspectos relacionados às finanças fundamentais da sua empresa, tais como investimentos, metas de ganhos, riscos, etc.

Estes objetivos, projeções e estratégias vão lhe guiar na organização financeira adequada da sua micro ou pequena empresa.

 

Faça o controle do fluxo de caixa

O fluxo de caixa consiste em uma ferramenta onde estão detalhadas as entradas e saídas de valores de uma empresa em determinados períodos. É por meio desta ferramenta que o empresário consegue obter uma visão ampla da condição do seu negócio, lhe permitindo tomar as melhores decisões.

Primeiramente, precisamos entender que as entradas e saídas de dinheiro acontecem em períodos e prazos diferentes, o que pode acabar causando certa confusão. Em função disso, o recomendado é que você escolha um período para fazer este controle.

Em seguida, é o momento de reunir todos os valores disponível do seu negócio. Então, é necessário bastante atenção a este aspecto, pois qualquer valor errado pode comprometer os cálculos e consequentemente a tomada de decisão.

Feito isso, procure reunir todos os valores que a empresa precisa pagar e todos os valores que ela precisa receber dos clientes também.

E não se esqueça: se a sua empresa comprou algo ou até mesmo vendeu algum produto ou serviço a prazo, como no cartão de crédito, é preciso acompanhar estes vencimentos de perto. Para manter o caixa no azul, é importante garantir todos os recebíveis em dia para poder pagar as despesas no prazo, evitando o despesas com juros e multas com quitações em atraso.

Em resumo, este passo vai lhe auxiliar a manter a organização financeira do seu negócio o mais certa possível.

 

Separar finanças pessoais das empresariais

Um dos principais erros que o empreendedor comete é não separar as finanças pessoais das empresariais.

Geralmente, alguns empresários começam retirando pequenos valores para usar no supermercado, por exemplo. Em pouco tempo os valores começam a aumentar e pode comprometer totalmente o fluxo caixa.

O contrário também acontece bastante, quando a empresa não estiver muito bem das pernas, o empresário começa a tirar do próprio bolso para reparar os pequenos furos.

Para isso, é recomendado que as contas no banco sejam separadas também, onde uma seja para pessoa física e outra para pessoa jurídica.

Assim, as reservas pessoais e empresarias não irão se misturar, garantindo então que os recursos não sejam confundidos e nem utilizados de maneira errada.

Além disso, é importante para a organização financeira que você defina um valor de retirada mensal, algo como um salário. O aconselhado é que este valor não seja referente ao lucro total, pois toda empresa que deseja crescer precisa de fundos para reinvestimentos.

 

Faça corte de custos

Com o controle do fluxo de caixa fica mais simples identificar gastos que possam ser cortados, mas é importante frisar que eles não podem, de forma alguma, interferir negativamente na no produto ou serviço prestado pela empresa.

Então, como você deve saber, todo empreendimento possui os custos fixos e os variáveis. Mas este último já não é tão simples de se ajustar.

Porém, algumas despesas de consumo como luz, água e telefone podem ser reduzidas, bastando fazer a utilização mais consciente destes recursos.

Para isso, procure conversar com toda a sua equipe, para que todos se envolvam na missão de diminuir as despesas de consumo.

Outro aspecto que faz com que você consiga cortar custos, por exemplo, são as viagens a trabalho, que podem ser facilmente substituídas por uma conferência pelo Skype.

Sem contar que você também pode diminuir os gastos com papeis e tintas de impressão em escritórios, passando a armazenar as informações dos seus clientes de forma digital. Esta prática também afetaria consideravelmente os gastos com energia elétrica.

 

Contrate ajuda profissional

Como falamos acima, é sempre aconselhado que você contrate ajuda de um profissional para fazer a organização financeira do seu negócio.

Não importa se o seu negócio iniciou agora, contratar um contador com experiência vai lhe ajudar em diversos tramites legais além de esclarecer muito em aspectos relacionados a custos fixos e variáveis.

Este profissional, através de documentos fiscais, fornece a você dados impressionantes sobre a saúde financeira do seu patrimônio lhe ajudando ainda em processos, como:

  • Controle do fluxo de caixa;
  • Acompanhamento, apuração e análise de receitas, custos e despesas;
  • Análise da rentabilidade e do lucro.

A principal preocupação aqui é apenas fazer a checagem da viabilidade da empresa de contabilidade no mercado, garantindo então a contratação de um serviço sério e que não lhe traga problemas futuros.

Aplicando então as dicas de organização financeira para micro e pequenas empresas citadas acima, tenha certeza que o seu negócio estará no caminho certo para o sucesso.

E a Simplifike pode ajudar você nesta empreitada. Temos planos de contabilidade que atendem micro empresas, pequenas empresas e profissionais liberais com soluções bem completas, ou seja, fazemos a parte contábil, tributária e trabalhista para a sua empresa e ainda lhe oferecemos gratuitamente o acesso a uma plataforma para controlar seu financeiro e emitir suas notas fiscais.

Deixe uma resposta

Fechar Menu